A medida que avança o ano de 2019, a Xiaomi parece querer renovar toda sua gama de dispositivos rapidamente. Prova disso é que foi relatado nos últimos dias a certificação de dois novos aparelhos pela ECC, entidade de certificação que atua na Eurásia, tratando dentre outros, dos aparelhos comercializados na Rússia.
Os novos dispositivos dos quais ainda não tiveram seus nomes revelados, correspondem ao código M1906F9SH e M1903F11G.

Embora a os dados desta nova certificação não nos mostre o nome comercial destes dois dispositivos misteriosos, podemos extrair algumas informações, observando a nomenclatura usada. No caso da linha Redmi , a empresa geralmente usa uma nomenclatura M1901xxxx, para o Mi 9 é usado um código com início M1902xxxx e para o Mi 9 SE, o Redmi K20 e o K20 Pro são utilizados códigos iniciados em M1903xxxx.

Se compararmos esta lista de produtos com outros documentos, a nova certificação corresponde ao dispositivo de código M1903F11G, que revela um provável novo membro da família Mi 9. O Xiaomi Mi 9T Pro, cujo lançamento ainda não foi confirmado pela marca parece ter sido o modelo escolhido. Estes detalhes podem ser confirmados pelo simples fato de que o início da nomenclatura M1903F11 pertence ao Redmi K20 Pro, sendo também o “G” final, um indicador de que é a versão global.

Além disso, o M1906F9SH pode pertencer ao novo Xiaomi Mi A3 / Mi 9X, um dispositivo móvel equipado com o Android One e que deverá ser renovado e anunciado neste verão. Mesmo assim é possível enfatizar que esta nomenclatura é totalmente nova e que nunca antes tinha sido vista em um dispositivo móvel da Xiaomi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui