Na data de hoje, 03/06, a Xiaomi divulgou em seu twitter oficial um vídeo onde é possível observar uma nova solução, capaz de esconder a câmera frontal sob a tela de um smartphone. A postagem, que em poucos minutos viralizou nas redes sociais, apresenta o comparativo entre dois dispositivos Mi 9, o primeiro normal, com o já conhecido entalhe em gota, e o segundo com display sem qualquer entalhe ou furo para acomodar a câmera frontal. Basicamente, o vídeo demonstra como é possível utilizar o aparelho normalmente com a câmera sob a tela. Inclusive, no início, compara o tempo de resposta tátil e exibição de imagens em ambos displays e, por fim, apresenta uma imagem da câmera frontal do dispositivo (sem o entalhe) sendo acionada. Confira o vídeo oficial publicado no Twitter da empresa.

https://twitter.com/Xiaomi/status/1135447561202937857

Após a publicação, o vice presidente da empresa, Wang Xiang, veio a público via twitter, para exaltar a nova tecnologia e explicar o funcionamento da mesma. Em um infográfico (em inglês), é possível entender como a empresa desenvolveu a tecnologia que pode ser vista no vídeo divulgação. Confira abaixo a publicação:

Segundo o infográfico, a empresa tem trabalhado de forma a aproveitar 100% o display do celular, sem no entanto precisar lançar mão de mecanismos de câmera pop-up ou slider. A solução encontrada, portanto, é esconder a câmera frontal embaixo da tela. Para isso, no momento em que a câmera frontal é ativada, a área ao redor do sensor torna-se transparente, possibilitando assim a captação de luminosidade. A tecnologia funciona da seguinte forma: um vidro com alta capacidade de transmissão de luminosidade trabalha associado a um display de baixa reflexibilidade. Quando acionada, a câmera frontal envia ao dispositivo um comando, permitindo que a luz seja transmitida através da área onde se encontra a câmera. Quando não acionada, a tela funciona normalmente, permitindo que todo o conteúdo seja projetado e permaneça visível na tela.

Segundo a marca, com a nova tecnologia, é possível captar uma maior quantidade de luz ambiente, possibilitando assim que as imagens capturadas com a câmera frontal sejam mais nítidas e claras quando comparadas as soluções atuais. Ainda não existe nenhuma informação sobre quando a tecnologia estará disponível nos próximos smartphones da marca.